Devo criar um site para mim ou para a minha empresa?

Ter um site é a forma mais simples de ser encontrado no Google por seus clientes e pessoas interessadas no seu trabalho
Conteúdo dessa postagem

Desde que a internet se popularizou, muitas empresas têm investido na criação de sites. Isso acontece porque ter uma página própria na web te permite estar visível e ser achado por qualquer pessoa, de qualquer lugar do mundo, que possua conexão com a internet. 

O conceito de site, ou website, se baseia em um conjunto de páginas que interagem entre si em um servidor com domínio “www”. Vamos pensar que criar seu site seja uma forma de entregar um cartão de visitas, um folder ou um panfleto diretamente para o internauta sem precisar imprimir esse conteúdo. 

Mas, é todo mundo que precisa ter um site? Não. A necessidade de criar uma página na web vem de diversas características muito pessoais de cada pessoa ou empresa. Por exemplo: uma pessoa faz artesanato e vende seus produtos pessoalmente para clientes próximos. Nesse caso, ter um perfil de Instagram para divulgar o trabalho é o suficiente! 

Para tirarmos a sua dúvida sobre ter ou não um site, propomos algumas perguntas que devem ser respondidas mentalmente por você:

  • Qual o tamanho do seu negócio?
  • Como seus clientes encontram seu negócio hoje?
  • Como seus clientes se informam sobre seus produtos e serviços?
  • Seus clientes fogem da área do seu contato pessoal?
  • Seus concorrentes já possuem site?
  • Você se sente desamparado sem um outro canal para fornecer informações aos seus clientes?

Percebeu como criar um site pode fazer diferença? Ainda não? Então vamos às vantagens de fazer com que o seu negócio alavanque no mundo virtual:

Visibilidade e aquisição de novos clientes

Quando pensamos na vida fora da Internet – lá naquela época em que fazer panfletagem em todos os lugares era o carro chefe da maioria dos empreendimentos – quanto mais certeiros fossem os pontos e mais panfletos você tivesse para entregar, mais chances você tinha de conquistar um novo cliente, certo? Na Internet, apesar de tudo envolver códigos, a premissa é a mesma.

Ter um site te dá a possibilidade de alcançar infinitos clientes. Mas, para isso, é necessário entender que: a qualidade de tudo aquilo que está sendo colocado na página vai contar muito para o Google. Ou seja, quanto mais relevante forem as informações e outros tipos de conteúdo, melhor ranqueado seu site vai estar nas pesquisas. 

É importante ter em mente que o Google está o tempo todo criando códigos sobre cada página para entregar o melhor resultado na busca dos internautas. Então, ter um site que fique abandonado, sem conteúdo e sem novas atualizações é mostrar para o Google que aquilo não é importante e, por consequência, o site não vai conquistar um público novo.

Divulgação e competição

Vamos supor que sua empresa esteja com uma promoção incrível, mas você só possui 100 folders para entregar. Claramente, você terá menos de 100 clientes aproveitando o desconto, já que, nem sempre, as pessoas leem o que está escrito e logo jogam na lata de lixo. Com um site, é como se você multiplicasse essas chances de adquirir clientes que vão aproveitar a promoção muitas e muitas vezes. Além disso, existem técnicas que te ajudam a ver quem são essas pessoas e o que procuraram no seu site. Isso é essencial para filtrar suas informações e transformar o internauta em um novo consumidor dos seus produtos ou serviços. 

A verdade é que, ter um site, muitas vezes, funciona como mágica na conquista do público alvo. Quanto mais interessante, certeiro, vantajoso e verdadeiro ele for, mais credibilidade ele terá. O site também funciona como aquele funcionário que veste a camisa da marca e nela está escrito “posso ajudar?”. Quanto mais esse empregado conseguir resolver o principal problema do cliente, mais satisfeito ele sairá de lá.

Essa tecnologia abre mais um campo na área da competição entre empresas. Sua marca tem um preço melhor? Oferece um serviço melhor? Tem mais experiência na área? Mostre isso ao seu cliente! Abra mais uma janela para dar vitalidade ao seu legado. O crescimento do mercado digital prova que o cliente migrou para outras plataformas e, negócios que não se atualizam, têm seus dias contados. 

Credibilidade e atendimento ao cliente

Aqui temos a situação do cartão de visita. As pessoas não acumulam mais cartões com as informações do serviço que ela procura. Ao invés disso, elas fazem uma busca no Google com o nome da empresa e acham lá o telefone de contato, quando abre, quando fecha, link para o site, e muitas outras informações como com quantas estrelas esse negócio geralmente recebe de avaliação dos seus clientes. 

Essas informações são importantíssimas para a credibilidade de uma empresa. Se um telefone estiver desatualizado e o cliente não conseguir entrar em contato, sua credibilidade já caiu alguns pontos. Já, se você possui informações que realmente ajudam o internauta, tenha certeza que sua credibilidade vai aumentar para o Google.

Custos

O custo da criação de um site vai depender do que você deseja ter dentro dele. Por exemplo, um site de apenas uma página vai sair mais barato que um com várias guias. Além disso, se você deseja ter um e-commerce – que é aquela plataforma de venda digital -, o preço sobe ainda mais!

Apesar de existirem diversos tipos de site, eles têm em comum a necessidade dos seguintes trabalhos: design, TI e domínios. Ou seja, todo site precisa de alguém que vai fazer o logo e que vá deixar a aparência do site visualmente e operacionalmente boa. Já o domínio e hospedagem estão relacionados diretamente com segurança e armazenamento dos dados que forem criados para sua página. 

Existem duas opções para conseguir as pessoas que fazem todo esse trabalho: contratá-las individualmente ou contratar uma empresa que faz o serviço completo – nesse caso, os valores tendem a ser mais baixos devido a um acordo de compra conjunta de serviços. 

Se falarmos da opção mais barata entre as duas, o preço para ter um site vai de cerca de R$90/mês a um valor estimado de R$40 mil para sites pequenos. 

Alguns serviços de produção de site também são responsáveis por comprar o domínio e hospedagem, além de fazerem toda a parte técnica e ficarem responsáveis por alterações no seu site, quando for necessário.

Listamos abaixo o valor de cada ferramenta necessária para manter um site no ar: 

  • Registro.br: R$40/ano
  • Locaweb: hospedagem simples – R$190, certificado SSL: R$0,00 (primeiro ano)/ hospedagem simples – R$190, certificado SSL: R$120,00 (anos seguintes)
  • Elementor: U$49/ano
  • Desenvolvimento de site simples (Abradi – SP): R$7.969*

*O valor pode mudar de região para região. O valor praticado pode ser abaixo do que o sindicato indica.

As despesas também devem incluir o serviço de Social Media, caso você não tenha a intenção de produzir conteúdos como texto e foto para o seu site e prefira contratar um serviço pago. 

Manutenção

O maior erro de uma pessoa que não se planeja para ter um site é achar que ele vai trazer resultados na primeira semana que está no ar. Isso é quase impossível de acontecer. 

Na verdade, muitas vezes são necessários anos para que o site ganhe visibilidade dependendo da área de atuação. Por isso, é preciso pensar no site como um projeto em longo prazo. Todas as ferramentas citadas em “custos” vão voltar com cobrança no ano seguinte e elas devem estar totalmente em dia, senão o trabalho feito vai ser em vão. 

Por isso, muitas pessoas escolhem deixar essa parte técnica com agências de criação de site. Assim, você não precisa se preocupar com nenhum desses boletos e acaba tendo mais tempo para focar no que é importante. Geralmente, no valor de contrato da agência, já está especificado que o preço pelas ferramentas já está incluso. Sendo assim, fica mais fácil visualizar quanto será gasto ao longo dos anos. 

Então, pare e pense. Eu consigo manter um site financeiramente e com novos conteúdos? Se a resposta for sim, então essa é sua hora de garantir seu espaço na Web. 

Dúvidas?

Pergunte!

Se você é cliente Pagebox, podemos ajudá-lo com os procedimentos técnicos!

Quer ter um site profissional de verdade?

A Pagebox oferece planos incluem domínio, hospedagem, emails e tudo mais o que você precisa. Desenvolvemos seu site do zero e ficamos à disposição para alterá-lo sempre que for necessário. Você não precisa se preocupar com nada!

Criação de sites profissionais com manutenção permanente